DELíRIO…

Hoje vai a letra de Delírio… enquanto isso segue o martírio do dedão roxo…

Delírio

Todas às vezes que vi

Como era fácil

A insensatez que se esconde nesse vazio

A forma apropriada de encontrar

O meu aspecto sombrio

Eu me perco em tanta dor

Não me entrego ao seu rancor

Mas de todo esse temor

Do desejo que se cessou

Do lado errado eu estou

Procure o que você deixou

Calvário dos sonhos por algo

Longe daqui

Pra mim disse adeus

Foi isso

Você não disse mais

E assim tão sutilmente

Este homem que se foi

P.S.: Todo mundo que passou pela Álgida já odiou essa música… o pior de tudo é que vai ficar boa! hahaha

Mentira, pra não ser injusto, o Diego e o Cristofer sempre gostaram da música… Ah o Paulo, (fui censurado e não pude colocar nenhum comentário maldoso sobre ele, pra não perder um dos poucos acessos diários que temos…), ex-guitarrista e atual crítico da cena musical caxiense tb gostava… mas acho que não gosta mais… hahaha

Abraço a todos (todos os cinco que leem esta porra… hahaha)

Anderson

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: